Norte e Galiza apostam forte no mar



O Norte de Portugal e a Galiza definiram o mar e suas potencialidades como prioritários no âmbito de uma ambiciosa estratégia de cooperação transfronteiriça que pretende fazer do Noroeste Peninsular uma economia competitiva a nível mundial.
Carlos Machado (foto)

O vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) afirmou que o objectivo é aproveitar o próximo ciclo de fundos de cooperação transfronteiriça para dinamizar uma cooperação “de segunda geração”, assente em “iniciativas de elevado conteúdo estratégico que propiciem uma interacção das economias das duas regiões e façam do seu conjunto mais do que a soma das partes”.

Isto depois de uma história de mais de 15 anos de cooperação “muito consolidada” entre o Norte de Portugal e a Galiza que, segundo Paulo Gomes, “já atingiu um estado de maturidade único no quadro da cooperação Portugal/Espanha e exemplar no contexto da Europa”.

(...) continuar a ler

Comentários

Anónimo disse…
é bom ver que norte e galiza estao cada vez mais proximos e reunificados em tudo
Calécia disse…
Obviamente, é fácil haver entendimento quando os motivos são os mesmos. Se ambos querem caminhar na mesma direcção, mais eficazmente o farão se se frizerem acompanhar um pelo outro.

Quando os interesses são outros, há sempre lugar a desentendimento quanto a datas e a prioridade nos projectos. E quem manda é que é o dono da razão.