terça-feira, agosto 05, 2008

Outras razões para combater o Centralismo !

Para quando uma regionalização efectiva?

Os últimos 30 anos


por Azzulli @

Estas semanas vários comentadores anti-portistas insistiram em passar a imagem que os últimos 30 anos do futebol português tiveram o domínio do FC Porto, só, só, à custa de manobras de bastidores. Foram declarações do Jorge Baptista, do Rui Oliveira e Costa, do António Pedro Vasconcelos, etc.

É para isto que serve o Apito. Para que os benfiquistas e sportinguistas justifiquem o seu insucesso. O FC Porto, aquele lá do Norte, ganha porque corrompe. Sim, aquele clube lá do Norte.

Pois. É que esses programas são feitos na capital, com convidados da capital, todos amigos uns dos outros. E naturalmente o coração deles só tem “uma cor”: vermelho ou verde. E esses amigos, sejam comentadores ou directores de programas, que se cruzam regularmente nos restaurantes, esplanadas, etc., quem arranjam para “mau da fita”? O clube lá do Norte, esse que está bem longe da capital, e que não vai a esses restaurantes e esplanadas…

Agora garanto eu:

Só ficcionando ou conjecturando, se poderá fundamentar as conclusões dessas pessoas, e, que resultam da inveja, da dor de cotovelo, da azia que esses ressabiados sentem no estômago.

Caros amigos há 50 anos que suporto as diatribes desses jornalistas anti-portistas afectos aos dois maiores de Lisboa. Imaginem, o que tenho passado com as opiniões de tais energúmenos! A cada passo pergunto-me, porque será que o FC Porto, tem tão poucos jornalistas a seu favor?!

Tudo me leva a crer que é devido ao "poder central". É tudo controlado a partir de Lisboa, inclusive a selecção dos jornalistas para a "Comunicação Social" que temos, canais de televisão incluídos. Esta situação já vem do tempo do fascismo e, os actuais "democratas de pacotilha" continuam com a mesma estratégia! Facto este que me leva a questionar, para quando uma regionalização efectiva?! É que cada vez mais se torna indispensável fazer a tal regionalização, a qual pelos vistos, não convém aos políticos eleitoralistas deste País!

Impõe-se cada vez mais, que o Norte se revolte contra todos os políticos que forem eleitoralistas e que por tal motivo se oponham à emancipação do Norte face ao "Poder Central".

A Região Norte que trabalha em prol da evolução, do engrandecimento do país, merece ser recompensada pelo "Poder Central" com critérios mais favoráveis aos seus interesses.


por Dragaoatento
.

10 Opiniões

At terça ago 05, 07:47:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Para quando deixar de ser academica a questao.Nao se chega a Roma se nao estiver no caminho de Roma.Os donos do conhecimento, sob pena de ser posta em causa a sua pseudo intelectualidade, gostam de ad perpetuam, ficar pelas palavras.
PRC/ME.

 
At terça ago 05, 04:58:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Pergunte aos portuenses.Nao e por acaso o Benfica o clube com mais simpatizantes na mui nobre e invicta cidade do Porto?
PRC/ME

 
At terça ago 05, 07:31:00 da tarde, Blogger templario said...

(com o meu pedido desculpas ao sr. António Felizes)

Caríssimo DRAGÃOATENTO,

REGISTO DE INTERESSES: Sou benfiquista do coração e anti-regionalista racional e patriota.
---------
Os defensores da regionalização que, porventura, estejam mesmo convictos da sua utilidade para Portugal, devem abrir a pestana e meditar no que, para mim, é uma boa "SIMULAÇÃO" da dita regionalização, caso viesse a ser implementada (ou mesmo das "7 REGIÕES AUTÓNOMAS", tão militantemente defendidas pelo meu caro "PRO-7RA.": A PORCARIA FEITA POR ALGUNS DIRIGENTES DO FUTEBOL NA BELA CIDADE INVICTA DO NOSSO PORTUGAL. Alguns fugiram (mas foram apanhados) e outro ou outros não arredam pé, malgré.... Todos são caciques regionalistas.Todos esses querem retalhar Portugal para fazerem as coisas à sua (deles) maneira...

Lute por uma Assemb. Geral no seu grande e prestigiado clube que muito dignifica o nosso país, para correr com esses caciques e demagogos. Limpeza.

Quanto ao "desde o fascismo", tenho o prazer de lhe facultar este relatório de enorme valia cultural da nossa Pátria que surrupiei a um comentarista de um Blog da minha terra (e guardei bem guardadinho) de um, seguramente, grande Lampião (mas olhe que ainda é solteiro):

Cá vai:

"PARA OS QUE DIZEM QUE O BENFICA É O CLUBE DO REGIME!!!
"Em 2008, data de publicação deste artigo, o Campeonato Português de Futebol conta com 73 edições, 32 ganhas pelo Benfica.
António de Oliveira Salazar liderou Portugal entre 1933 e 1968. Desde da época 33/34 a 68/69 passaram 35 temporadas. Nesse tempo o Benfica venceu apenas 14 campeonatos, o Sporting venceu 12 e o Porto 9.
Assim sendo, de 32 títulos, o Benfica conquistou 14 enquanto Salazar esteve no poder e 18 sem Salazar. Deve-se assinalar que o Sporting venceu apenas 6 vezes sem Salazar. Ou seja, em termos percentuais, cerca de 65% dos títulos do Sporting foram conquistados com Salazar no poder, ao contrário do Benfica, com cerca de 43%.
A época dourada (em termos internos) do Benfica coincide com o período mais esquerdista de Portugal, 1970-1980. Em 10 edições do campeonato, na década de 70, o Benfica conquistou 6 e conseguiu fazer dois campeonatos sem perder um único jogo.
De realçar, que nos 20 anos seguintes à revolução de Abril, o Benfica venceu 10 campeonatos e 7 Taças de Portugal, contra 8 campeonatos e 5 taças ganhos pelo Porto e 2 campeonatos e 2 taças conquistados pelo Sporting.
Elucidativo…
Em termos europeus, o Benfica conta com 8 finais europeias (7 na Taça dos Clubes Campeões Europeus e uma na Taça UEFA) e duas meias-finais (Taça dasTaças). Venceu, ainda, a Taça Latina e uma edição da Taça Ibérica (em 83/84).
Estes dados mostram o poderio do Benfica, quer em Portugal quer na Europa, na era Salazar e no pós-Salazar.
Relembro que a final da Taça UEFA foi em 82/83 e as 2 últimas presenças na final na Taça dos Campeões Europeus foi bem longe do período salazarista (90/92)... .
Quem não conhece a história do Benfica pode pensar que o seu hino de sempre é a música de Luís Piçarra, mas isso não corresponde à verdade. O hino oficial do Benfica, composto por Bermudes, chamava-se “Avante Benfica” e foi censurado por Salazar por ser entendido como uma afronta ao seu poder.
Miguel Sousa Tavares, adepto portista reconhecidíssimo, no seu best-seller “Rio das Flores”, apresenta um excelente trabalho acerca da evolução das ditaduras de direita na primeira metade do século XX.
De facto, Miguel Sousa Tavares não podia ser mais explícito e, a dada altura, refere: “SPORTING ERA O CLUBE DO REGIME”. Contudo, Salazar aproveitou-se das vitórias do Benfica para se promover e credibilizar, como faria qualquer ditador.
Na história do Benfica contam-se imensos dirigentes que lutaram contra o fascismo de Salazar. Manuel Conceição Afonso, Félix Bermudes (o autor do hino censurado), Tamagnini Barbosa e Júlio Ribeiro são alguns desses exemplos.
Mais, este último declarou publicamente que não se recandidataria à presidência do clube porque, precisamente, sabia estar a prejudicá-lo junto do poder central.
Para finalizar: José Magalhães Godinho, conhecido opositor do regime, foi o primeiro director do jornal do Benfica. Em 1954/55 o Benfica - apesar de campeão – não foi indicado para a Taça dos Campeões Europeus porque naquela altura os clubes eram sugeridos pelas entidades nacionais responsáveis e o Benfica, mesmo sendocampeão, foi preterido em favor do Sporting.
Em 61/62 o Benfica foi obrigado a jogar a final da taça de Portugal em casa do adversário (Vitória de Setúbal) um dia depois de o Benfica ter vencido o Barcelona na final da Taça dos Clubes Campeões Europeus.
Os 15 jogadores que estiveram nesse jogo estavam em viagem no dia do jogo da Taça em Setúbal.
O Benfica perdeu 1-0.
Palavras para quê?
É o clube do REGIME!".

Um Abraço (e o Reyes está a chegar)...

 
At terça ago 05, 08:50:00 da tarde, Blogger Antonio Almeida Felizes said...

Caro Templario,

Não tem nada que me pedir desculpas.

Muito bom este texto que de alguma maneira vem desmistificar aquela ideia generalizada do Benfica ter sido o clube do regime fascista/salazarista.

Cumprimentos,

 
At terça ago 05, 11:37:00 da tarde, Blogger templario said...

Caro António Felizes,

"O SEU A SEU DONO"
==================
O texto de elevado valor cultural que inseri no meu comentário acima sobre o Benfica, foi, como disse, "surrupiado a um comentarista "Anónimo" do Blog do Jornal "O Templário", de Tomar, minha terra.

Após o ter publicado no seu Blog, e por o considerar também um bom texto, fiz uma busca por "josé magalhães godinho benfica" e achei, através de um site www.dvfer
que a autoria é de "FOOTBALLDEPENDENT.BLOGSPOT.COM"

O tal "Anónimo" demonstrou demasiada modéstia... mas prestou um bom serviço cultural.

Tenho a ideia que V. é Jornalista e de modo nenhum o queria vê-lo a incorrer em plágio, como o campeão da regionalização de V.N. de Gaia, embora peças literárias deste quilate sejam, de imediato, Património Nacional.
Cumprimentos

 
At quarta ago 06, 01:01:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Caro Templário,

Não misturemos as coisas; a regionalização é um processo político, o futebol é um negócio.
Há uns anos, um professor de curso de mestrado em gestão, num intervalo das aulas, afirmava que, se quiséssemos saber como andaria a actividade económica daqui a uns anos, a solução residia em analisar hoje dois sectores específicos: o futebol e a mafia.
É muito mau sinal ou mesmo de mau agoiro pretender associar o futebol à política, em geral, e a uma política de regionalização, em particular. Se na política há caciques e dos "bons", lembre-se que os do futebol não lhes ficam nada atrás.
Contudo, como tenho defendido, a implementação da regionalziação autonómica, contra a qual estará para sempre (apesar do seu patriotismo manifesto), vai (tem de) implicar mudança dos protagonistas políticos, mais na qualidade do que na quantidade.
Por favor, como também sou benfiquista e se não fosse era o mesmo, deixem o futebol entregue a si próprio e se se portar mal, ACANTONEM-NO.

Sem mais nem menos.

Anónimo pró-7RA. (sempre com ponto final)

 
At quarta ago 06, 10:02:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

O Sr. Templario ao elogiar o seu proprio texto de elevado valor cultural, o que nao lhe fica bem, caso para dizer que realmente o futebol e um manancial de coltura, fe-lo da pior maneira. Nao pondo em causa o facto do seu SLB nao ser o simbolo do regime, com o qual ate poderei concordar, tenta justificar com fundadas assertivas.
Por partes:
1-De facto se fala em simbolo do regime, nao o podera circunscrever ao ano do trambulhao na cadeira, ou mesmo a morte do dito cujo,Ja que a ditadura continuou a sua imagem e semelhanca, ate ao 25 de Abril.(portanto regime)
2-Conotar a matriz politica da oposicao com a cor vermelha para aferir dai que um determinado clube com tais cores seria motivo de perseguicao, nao lembraria ao diabo. Se tal fosse os clubes da URRS, seriam todos vermelhos sob pena dos envolventes irem cumprir uma pena bem pesada na Siberia, ou entao a bandeira da Romenia de Cuba e outras teriam de ser forcosamente vermelhas.
3-Depois os numeros nao sao verdadeiros. De 1934 a 2008 sao 74 edicoes do campeonato e nao 73.
4-O FCPorto totaliza 23; O Sporting
18; O Belenenses 1 e o Boavista 1.
5-Se o tal Clube glorioso nos vinte anos pos-revolucao ganhou 11 campeonatos,entao que percenragem de 31 campeonatos se situam no antes da revolucao? por analogia branco e galinha o poe. Alias dei-me ao trabalho de verificar no site do Benfica para confirmar a quantidade de campeonatos ganhos.
Se o artigo de que tanto se presa, com citacoes de MST a mistura e assim tao brilhante, presuncao e agua benta cada um toma a que quer.
Finalmente para quem fala como fala dos dirigentes desportivos do norte,caciques regionalistas etc. nunca se ouviu falar dos da Madeira e daqueles que perduraram nesse tal periodo de triste memoria. E bem certo que o futebol podera ser um bom motivo para veicular reinvindicacoes regionais.
Posso afirmar categoricamente que ao nivel da emigracao, tem feito mais o Porto,o Benfica e o Sporting pela lingua portuguesa do que os ministerios de educacao todos juntos desde que ha emigracao.
PRC/ME

 
At quarta ago 06, 12:50:00 da tarde, Blogger templario said...

Caro "An�nimo" das 10.02 (PCR/ME),

Favor leia meus coment�rios e verificar� que n�o me intitulo autor do texto. � uma cita�o.

Tamb�m n�o me referi a caciques do Norte. Julgo que se subentende estarem mais localizados.

Vou apurar das imprecis�es que assinala.

Tem raz�o o Caro "pro-7RA": deixemos o futebol fora deste tema da Regionaliza�o.

Mas o meu Benfica � mesmo um Imp�rio de gl�rias do antes e do depois... que se deixou abalar um pouco pela ac�o de alguns b�rbaros...
Cumprimentos e os maiores �xitos para o FCP e Sporting na base de "jogo limpo".
O nosso grande advers�rio � o Sporting. A esses gostamos de ganhar mesmo com golos com a m�o.
Cumprimentos

 
At quinta ago 07, 05:01:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Templario, tem toda a razão, o grande adversário do Benfica é o Sporting e vice-versa. Boa sorte para os dois esta ano na luta pelo 2º lugar!

 
At quinta ago 07, 05:49:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

A Cesar o que e de Cesar:
Mil desculpas a Templario pois nao ha de facto autoelogio. foi uma insercao de um texto que tambem encontrei publicado noutro site e que me levou a confusao. Perdao outra vez.
No entanto, devo reiterar todo o resto das afirmacoes e sinceramento,nao o catalogaria de elevado nivel cultural.De qualquer respeito a opiniao.
PRC/ME

 

Enviar um comentário

<< Home