quinta-feira, julho 02, 2009

Regionalização no centro das Eleições

Jardim fala sobre regionalização em arranque de campanha

O presidente do Governo Regional da Madeira marca hoje em Faro o arranque da pré-campanha de Macário Correia, que espera que o líder madeirense transmita aos algarvios "ensinamentos" sobre a regionalização.


A pré-campanha de Macário Correia, que concorre pela coligação "Faro com Macário" - que reúne o PSD, o CDS-PP, o Movimento Partido da Terra e o Partido Monárquico -, arranca hoje em Faro com a presença de Alberto João Jardim.

A regionalização será um dos temas abordados no lançamento da pré-campanha, disse à Lusa Macário Correia, acrescentando que Jardim falará "seguramente" sobre a temática em Faro.

Alberto João Jardim é a principal figura do lançamento da pré-campanha da coligação "Faro com Macário", marcada para hoje no passeio da Doca de Faro, a partir das 21:30.

O candidato da coligação "Faro com Macário" considera que Alberto João Jardim pode transmitir ensinamentos sobre as "vantagens" que a regionalização deu à Região Autónoma da Madeira.

"Sem isso [regionalização] não teremos o desenvolvimento desejável para a região do Algarve", afirmou, acrescentando que o processo de regionalização é uma necessidade não só do Algarve, como de todo o País.

A regionalização é, aliás, um dos pontos de convergência entre Macário Correia e o líder da distrital do PSD, Mendes Bota, que há um ano derrotou o agora candidato a Faro na disputa pela liderança do PSD/Algarve.

Questionado sobre a eventualidade do tema da regionalização ser abordado no discurso do líder madeirense, Mendes Bota disse apenas que todos os contributos que possam ser dados "são positivos".

"Não faço ideia se aproveitará a ocasião para falar da regionalização", resumiu, adiantando que a petição sobre o tema, da qual é o primeiro subscritor, será levada a plenário na Assembleia da República no dia 23 de Julho.

"O que interessa mais aos farenses é saber propostas políticas para a cidade", afirmou, acrescentando que a regionalização poderá estar na agenda com a presença de Jardim no Algarve, mas de forma "indirecta".
(...)

3 Opiniões

At quinta jul 02, 08:49:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Caros Regionalsitas,
Caros Centralistas,
Caros Municipalistas,

Seria bom que falasse e convencesse.

Sem mais nem menos.

Anónimo pró-7RA. (sempre com ponto final)

 
At sexta jul 03, 05:17:00 da manhã, Anonymous Paulo Rocha said...

Pela sua personalidade e pelo estilo truculento o AJ Jardim é uma personalidade que não serve os interesses da Regionalização no território continental.

 
At segunda jul 06, 12:17:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O AJJ não serve o continente, nem tem que servir. Basta conhecer a obra de AJJ na Madeira para saber que é um lutador, com grandes vitórias, em benefício de um povo. Coisa que todos os políticos dizem, mas só um número muito reduzido, consegue concretizar.
AJJ, é truculento? É, sim senhor. Mas tem obra. E que grande obra!...

 

Enviar um comentário

<< Home