quarta-feira, julho 08, 2009

6 Milhões Querem o TGV Porto-Vigo

«Estou convencido que, governe quem governe, o comboio de alta velocidade entre Porto e Vigo é bom para Portugal e para Espanha. Seis milhões de pessoas querem que o comboio seja feito. Toda a Galiza poderá descer ao Porto em menos de 1.30 horas. Acredito que melhorará a competitividade do território, as relações comerciais, empresariais.» [Alberto Núñez Feijóo]

A construção de uma linha de alta velocidade com partida no Porto e paragens no Aeroporto Sá Carneiros e em Braga é verdadeiramente essencial para o reforço da cooperação transfronteiriça na euroregião Norte de Portugal/Galiza e para o relançamento da economia na parte portuguesa do Noroeste Peninsular. Numa excelente entrevista, Alberto Núñez Feijóo, Presidente da Junta da Galiza, reclama o avanço de um projecto que servirá seis milhões de habitantes e enuncia as inúmeras vantagens da descentralização administrativa.

Em termos de regionalização, a experiência espanhola é verdadeiramente paradigmática, expondo todas as potencialidades e oportunidades da descentralização administrativa do país. O Presidente da Junta da Galiza afirma mesmo que «qualquer país que experimente uma descentralização controlada pode ter mais vantagens do que inconvenientes

Também hoje surgiu a notícia de que, no período entre 2014 e 2020, a negociação dos fundos comunitários para euroregião Norte de Portugal/Galiza será feita conjuntamente pela Junta da Galiza e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte de Portugal (CCDR-N).
|Avenida Central|

2 Opiniões

At quarta jul 08, 04:19:00 da tarde, Blogger ATRIBUTOS said...

Sobre o Comboio de Alta Velocidade, escreverei algo mais tarde, por agora lembro-me de vos lembrar disto:

http://atributos-1.blogspot.com/2009/06/cav-tgv.html

Melhores cumprimentos, e já agora (para o António Almeida Felizes)parabéns pelo artigo no Grande Porto.

José Magalhães

 
At quinta jul 09, 04:03:00 da manhã, Blogger Antonio Almeida Felizes said...

Caro José Magalhães,

Li o seu artigo do CAV/TGV e, genericamente, partilho as suas ideias sobre esta matéria.

Aproveito a oportunidade para lhe agradecer as palavras elogiosas ao meu artigo no "Grande Porto".

Cumprimentos,

 

Enviar um comentário

<< Home