sexta-feira, janeiro 22, 2010

Cabotinos

"Comissão Eventual para a Análise Integrada das Soluções Inerentes ao Processo de Regionalização Administrativa" – é assim que se auto-intitula a comissão criada na Assembleia da República para preparar a Regionalização.

Que nome abominável!
Será um mau prenúncio?

|nortadas|

2 Opiniões

At sábado jan 23, 06:45:00 da tarde, Blogger templario said...

Caros António Felizes e pró-7RA.,

Compreendo este seu post....

Trata-se de caso da área da hermenêutica jurídica. E nós sabemos como ela é activa e controversa (e promovida) em Portugal. Os milagres que ela faz!

Pobres deputados!... A maior parte deles toma o banho da manhã a decorar o nome da Comissão. Quanto ao que quer dizer, nem o deus Hermes lá chegará.

"Comissão Eventual para a Análise Integrada das Soluções Inerentes ao Processo de Regionalização Administrativa" - CEAISIPRA, como sigla não está nada mal.

O nome desta comissão revela que no sistema partidário ninguém confia em ninguém, cada um deposita na regionalização interesses e estratégias diferentes e contrárias, capazes de se unir apenas sobre uma boa atribuição dos talhões entre eles.

 
At domingo jan 24, 02:31:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Caro Templário,

Logo que li o nome da Comissão, compreendi imediatamente a descapitalização do País proveniente de leis ineficazes e lucrativas para a hermenêutica jurídica, em que devemos ser dos países melhor preparados do Mundo.
Acredite que nem sequer consegui jantar com o estado de nervos em que fiquei e que costuma atacar os órgãos fisiologicamente mais fracos.
Seja para a regionalização ou para o centralismo, não existem soluções de base legam que nos encaminhem para o desenvolvimento económico e social e para uma sicedade evoluída, enquanto assistimos a uma produção legal que se não é para brincadeira pelo menos parece, com os resultados visiveis à vista desarmada.

Sem mais nem menos.

Anónimo pró-7RA. (sempre com ponto final)

PS - Provavelmente, o que se passou com a criação da dita Comissão foi apenas uma brincadeira de mau gosto, campo em que também não deixamos os nossos créditos por mãos alheias. O nosso País parece uma verdadeira anedota, não fosse tudo isto muito trágico.

 

Enviar um comentário

<< Home