sexta-feira, janeiro 29, 2010

PIDDAC - Interior abandonado

Vergonha de investimento

Bragança com PIDDAC mais baixo do país

Um milhão e 220 mil euros para o distrito de Bragança.

É o que está destinado no PIDDAC para 2010.

São menos seis milhões e meio de euros do que no ano anterior, no que se refere a investimento.

O orçamento sofreu assim um corte drástico e é mesmo o valor mais baixo em todo o país comparativamente com os restantes distritos.

Este ano, o Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central apresenta dotação para quatro dos 12 concelhos do distrito: Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro e Mogadouro.

A capital é quem recebe mais dinheiro, perto de 685 mil euros, sendo que grande parte das verbas é destinada às novas instalações do Centro de Respostas Integradas e à reabilitação do Instituto Politécnico de Bragança.

Miranda do Douro é o segundo concelho que mais recebe.

São cerca de 266 mil euros, dos quais 241 são canalizados para a remodelação e ampliação do Museu Terras de Miranda.

Macedo de Cavaleiros recebe 181 mil euros para a câmara municipal e um lar de idosos e Mogadouro 88 mil também para a autarquia e para remodelações no tribunal.

|DT|

4 Opiniões

At sexta jan 29, 12:18:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Então vai lá ver quais os municipios do Algarve que não ganharam nada e depois logo conversamos...

 
At sexta jan 29, 06:17:00 da tarde, Anonymous Paulo Rocha said...

Caro Anónimo,

Não tem comparação o nível de desenvolvimento económico do Algarve e do distrito de Bragança.

Enquanto o Algarve regista um PIB per capita a rondar os 90% da media da UE, o distrito de Bragança não atinge, sequer, os 50%.

Face a estas cifras, faria todo o sentido, numa óptica de combate as assimetrias e do desenvolvimento harmonioso do país, reforçar o investimento no interior. Infelizmente, fez-se o contrário.

 
At sexta jan 29, 10:23:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Caros Regionalistas,
Caros Centralistas,
Caros Municipalistas,

Já respondi no comentário ao "post" seguinte.

Sem mais nem menos.

Anónimo pró-7RA. (sempre com ponto final)

 
At segunda fev 01, 04:41:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Caro paulo rocha

É dessas desigualdades que eu estou a falar.

Os unicos municipios do ALgarve que ficaram a zeros, são curiosamente, os mais pobres da região!

Alcoutim, Monchique, Aljezur e Vila do Bispo!

Estes 4 municipios conseguem estar ao nivel do municipio mais pobre de Bragança. Muito longe dos restantes algarvios.

PS: Apesar de tudo, concordo com o que voce escreve sobre Bragança e o interior.

 

Enviar um comentário

<< Home