sábado, março 13, 2010

NORTE CONJUNTURA - 3.º Trimestre 2009

No 3º trimestre de 2009, o PIB a nível nacional beneficiou, como já sucedera no 2º trimestre, de um crescimento face ao trimestre anterior (+0,7%) e de um abrandamento na queda em termos homólogos (-2,5%).

As exportações da Região do Norte para a União Europeia registaram, no 3º trimestre, um diminuição, em termos homólogos, menos acentuada do que no trimestre anterior, voltando também a ser menos penalizadas do que o total das exportações portuguesas para a UE.

Nas indústrias tradicionais, há a destacar, a nível nacional, a forte contenção da queda dos índices de produção da fileira têxtil-vestuário, bem como, no que se refere especificamente à indústria do vestuário, a recuperação do volume de negócios nos mercados externos.

No 3º trimestre, os proveitos (totais e de aposento) dos estabelecimentos hoteleiros do Norte retomaram, face ao período homólogo, uma trajectória de crescimento.

No mercado de trabalho, a taxa de desemprego da Região do Norte voltou a agravar-se, atingindo 11,6% no 3º trimestre.

O 3º trimestre revelou uma forte desaceleração no crescimento do saldo dos empréstimos concedidos às empresas da Região do Norte, a par com novo aumento dos níveis de incumprimento bancário.

A execução do QREN na Região do Norte voltou a acelerar durante o 3º trimestre, estando, à data de 30 de Setembro, já aprovados projectos que totalizavam 5.859,1 milhões de euros de investimento, o que representa mais 28,1% do que o aprovado até final do 2º trimestre.


Boletim Completo