quarta-feira, maio 26, 2010

Macro região 'ibéria'

Macro região 'ibéria' vai desenvolver projectos com financiamento europeu 

|OJE/Lusa|

As comunidades autónomas espanholas de Castela e Leão e Galiza, em conjunto com a região norte de Portugal, vão criar em Setembro uma "macro região", através da qual pretendem obter fundos europeus de coesão a partir de 2014.

O anúncio foi hoje feito em Zamora pelo conselheiro da Presidência e porta-voz da comunidade de Castela e Leão, José Antonio de Santiago-Juárez, que salientou que esta macro região será uma "ferramenta adequada" para apresentação de projectos comuns na União Europeia (UE).

Apesar de admitir que existiram ocasiões "em que se forçaram um pouco os projectos" para obter financiamento europeu, o responsável destacou que a criação deste novo instrumento de cooperação vai permitir desenvolver "projectos conjuntos que já são uma realidade".

Para o porta-voz do governo regional espanhol, as macro regiões constituem um instrumento de cooperação transfronteiriça "de segunda geração".

"É um novo passo para prepararmos um novo cenário de financiamento europeu", declarou José Antonio de Santiago-Juárez, acrescentando que as distintas áreas de trabalho desta cooperação vão envolver as administrações locais e os diversos representantes da sociedade civil.

Os projectos desta nova macro região vão estar focados em cinco grandes áreas: indústria automóvel, universidades, promoção cultural, meio ambiente e mercado de emprego transfronteiriço.
.

Etiquetas:

2 Opiniões

At quarta mai 26, 11:21:00 da tarde, Blogger Rui Farinas said...

É uma ideia simpática, mas será que Lisboa autorizará um financiamento directo à Região que a impedirá de rapinar fundos sob o pretexto do "efeito difusor"?

 
At quarta mai 26, 11:57:00 da tarde, Blogger Ricardo Fonseca said...

Pois realmente eu também não acredito!

 

Enviar um comentário

<< Home