quarta-feira, outubro 20, 2010

Alentejo - Porto de Sines cresce 60% no tráfego de contentores

O porto de Sines encerrou os primeiros nove meses do ano com um crescimento do tráfego de contentores de cerca de 60% face ao mesmo período de 2009. Entre Janeiro e Setembro, o Terminal XXI movimentou 282.291 TEU (unidade equivalente a um contentor de 20 pés), contra os 176.730 TEU arregados e descarregados nos primeiros três trimestres do ano passado.

A evolução positiva do terminal de contentores de Sines - gerido pela PSA Sines, uma participada da PSA, um grupo estatal de Singapura - resultou em recordes sucessivos. A 8 de Setembro foi ultrapassado o total de contentores movimentado durante todo o ano de 2009 (253.495 TEU), mas em Agosto superou-se também a marca do melhor mês de sempre deste terminal, com 41.099 TEU movimentados. Em termos acumulados, em Julho atingiu-se novo máximo, ao passar-se a barreira do primeiro milhão de TEU movimentados desde o início da operação desta infra-estrutura, em Maio de 2004.

Com este ‘boom', abrem-se "excelentes expectativas" para o último trimestre deste ano, segundo a Administração do Porto de Sines (APS). Ontem, houve mais um sinal nesse sentido. O MSC Emanuela, um novo gigante dos mares construído nos estaleiros navais da Coreia do Sul há cerca de um mês, com capacidade para 14 mil TEU e representando um investimento de 600 milhões de dólares, escalou o porto de Sines logo na sua viagem inaugural, para movimentar cerca de 1.400 TEU.

Mais que o número, a vinda do MSC Emannuela a Sines traduz o concretizar das potencialidades de Sines, que é o único porto com capacidade natural para receber navios deste porte, que caracterizam a última geração de porta-contentores.

Lídia Sequeira, presidente da APS, disse ao Diário Económico que "é de sublinhar a evolução deste terminal, que há cerca de cinco anos era o quinto terminal deste porto, com um peso nas cargas de 0,5%. E agora é já o segundo, valendo mais de 20% das cargas movimentadas em Sines".

Por seu turno, Carlos Vasconcelos, director-geral da MSC Portugal - a MSC - Mediterranean Ship Company é o segundo maior armador mundial - está empenhado no acréscimo de tráfego que possa trazer para o porto de Sines. E admite: "Estamos a tentar novos serviços e linhas."

|Diário Económico|
.

Etiquetas: