Presidenciais 2011: Na Beira Interior, Manuel Alegre defende a Regionalização

«É altura de uma reflexão profunda sobre a regionalização»



“Penso que é altura de fazermos uma reflexão sensata, uma reflexão profunda, sobre a necessidade e a urgência da regionalização para o nosso País”, defendeu Manuel Alegre num almoço com apoiantes em Fornos de Algodres, a propósito do manifesto que jovens socialistas do distrito da Guarda lhe tinham entregue de manhã durante a visita à feira de Trancoso, onde referiam, entre outros problemas, a questão da desertificação do interior.

“Não podermos contentar-nos com casos isolados, com soluções casuísticas”, afirmou o candidato, garantindo que, enquanto Presidente da República, promoverá “um conjunto de iniciativas no sentido de mobilizar, de congregar as forças políticas e as forças da sociedade civil para se encontrarem soluções capazes de vencer este flagelo nacional que está a desertificar dois terços do nosso País”.

(...)

Sítio Oficial da Candidatura de Manuel Alegre

Comentários

Não é coincidência os candidatos às Eleições Presidenciais estarem a dedicar-se ao tema da Regionalização e a dar-lhe o maior destaque quando visitam uma região: a Beira Interior.
Primeiro, foi Defensor Moura na Covilhã, agora Manuel Alegre em Fornos de Algodres.
Os candidatos têm consciência que, por ser uma das regiões mais pobres do País, a Beira Interior é também aquela onde as pessoas cada vez mais sentem necessidade de uma efectiva Regionalização para inverter esta queda num poço que não parece ter fundo.
al cardoso disse…
Ora aqui esta um exemplo do que eu creio ser o mais correcto, para um desenvolvimento mais equitativo do todo nacional.
As campanhas eleitorais, tambem se devem deslocar aos meios pequenos como Fornos de Algodres, e assim darem realce as diferencas abismais, entre o desenvolvimento que se verifica entre o litoral e o resto do pais!
A regionalizacao estou convicto, sera a verdadeira alavanca para o esbater das diferencas.

Um abraco regionalista do d'Algodres.
Caro al cardoso:

Por acaso, nesta campanha os candidatos até têm andado por meios pequenos. Na Beira Interior, têm ido a Trancoso, Fornos, etc.

Mas, mais importante do que isso, é que eles não se lembrem só do interior quando precisam do voto das pessoas que lá vivem. E que não visitem o interior só quando há campanha.

O Interior tem de ser uma prioridade regional, e eu acho que isso só se consegue se houver órgãos de poder regionais com a função única de governar e desenvolver o Interior. Daí a Regionalização, com as regiões administrativas da Beira Interior e Trás-os-Montes e Alto Douro!