sexta-feira, junho 10, 2011

Lembraram-se agora do Interior !

Os nossos "queridos" políticos que durante décadas primaram pelo desenvolvimento de acções políticas que nunca tiveram em conta o combate ao progressivo despovoamento do interior e que conduziram este país para um plano duplamente inclinado - para o litoral e para Lisboa - parece que agora, finalmente, repararam que algo vai muito mal neste país quando se deixa ao abandono largas faixas de território confinando tudo a uma estreita faixa litoral.

Gostava de acreditar que este 10 de Junho fosse, politicamente, o ponto de viragem conforme as palavras do Presidente da República.

“Está na hora de mudar de atitude, de desenvolver uma estratégia clara de revalorização do interior do País"

“O interior, que contém grandes potencialidades, nomeadamente na agricultura e no turismo, deixou de as aproveitar por uma razão muito simples: perdeu capital humano para o fazer”, acrescentando a questão da baixa natalidade: “Em terras outrora povoadas de gente de todas as idades, não nascem crianças há vários anos”

O Presidente da República classificou hoje o despovoamento do interior como "um dos grande problemas nacionais", defendendo um "incentivo especial" das políticas públicas a favor das empresas que aí se fixam e criam riqueza.

O Presidente da República considerou insustentável o actual défice alimentar português e propôs "desenvolver um programa de repovoamento agrário do interior".

Manuela Ferreira Leite destacou "aquele ponto" em que o chefe de Estado disse que "um dos grandes problemas do país é o problema da desigualdade de desenvolvimento entre o litoral e o interior" e ainda se referiu aos "dois 'Portugais' que nós temos e a preocupação que devemos ter todos para de alguma forma ultrapassar esta questão".
.

Etiquetas: