domingo, agosto 21, 2011

Lisboa não deixou Madeira "acautelar-se ante tanto disparate"...!

Jardim culpabilizou hoje “todos aqueles que, em Lisboa” recusaram à região uma maior autonomia pelas actuais dificuldades económicas.

O presidente do Governo Regional fez esta crítica na sua intervenção na sessão solene comemorativa dos 503 anos da cidade do Funchal.

O chefe do executivo regional disse que os tempos são novamente de resistência perante "a situação a que irresponsavelmente foi trazida a República Portuguesa", considerando que os portugueses da Madeira e Porto Santo estão a "sofrer injustamente as consequências de politicas do Estado Central e de um sistema capitalista sem regulação".

"São culpados todos aqueles que, em Lisboa, nos recusaram uma autonomia com amplitude bastante para nos permitir acautelar ante tanto disparate" assim como "todos aqueles que nos agrediram financeiramente por medíocres razões político-partidárias", salientou.

|Lusa|
.
.

Etiquetas: ,

4 Opiniões

At domingo ago 21, 06:00:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Pois não e tem toda a razão na afirmação que faz. Lisboa já o devia ter interditado há mais de 30 anos.

 
At domingo ago 21, 06:33:00 da tarde, Blogger mCr said...

Não posso concordar mais com o anónimo das 6 da tarde... Enfim, como ele próprio diz, antes tanto disparate [dele (madeirense), ou deles (madeiremses), entenda-se], nada há a fazer. Não era(m) ele(s) que mais recentemente se aventaram pela independência? Era dar-lha de imediato. Para que é que precisamos da Madeira. Basta cumprir o princípio da auto-determinação dos povos e ficávamos, na Metrópole, livres de pagar as facturas da Madeira!

 
At domingo ago 21, 10:28:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Prefiro que os meus impostos ajudem as boas gentes da madeira e acores que sao mais portugueses que muitos continentais a velos consecutivamente mal gastos em lisboa e arredores em projectos da treta.... Alias as nossas ilhas tem muito potencial para devidamente ajudadas nos ajudarem no futuro..

 
At segunda ago 22, 01:17:00 da manhã, Anonymous Paulo Rocha said...

Este Sr. Jardim e o seu modo peculiar (caceteiro) de fazer política é um dos principais obstáculos à Regionalização do território continental português.

 

Enviar um comentário

<< Home