sexta-feira, novembro 04, 2011

Bragança: Mais de um terço das freguesias do distrito de vão ser agregadas

201 das 299 freguesias do distrito de Bragança vão ser agregadas. Esta é a proposta que a Associação Nacional de Freguesias pôs em cima da mesa em resposta à reforma administrativa do poder local anunciada pelo Governo.

No documento estão aplicados os critérios previstos pelo governo para organizar o território. No concelho de Bragança vão ser agregadas 32 das 49 freguesias.

Espinhosela é uma das freguesias que vai ser anexada. Com 244 residentes segundo os Censos de 2011, esta freguesia está situada a menos de 15 quilómetros da sede de concelho e está longe dos 500 habitantes definidos nos critérios do Governo.

O presidente da Junta de Espinhosela afirma que já estava à espera da aglomeração da sua freguesia por falta de população. Telmo Afonso realça que Espinhosela se poderá unir ao Parâmio e a Carragosa. “Já sabíamos que Espinhosela era uma das freguesias a agregar por falta de população, assim como as freguesias que estão em redor, como Parâmio, Gondesende, Carragosa.

Tendo em conta o critério dos 500 residentes estipulado no documento verde publicado pelo governo, Espinhosela pode-se agregar a Parâmio e a Carragosa e as três freguesias chegam perfeitamente para os 500 residentes”, realça o autarca.

A maioria dos autarcas aceita a aglomeração de freguesias. A questão é saber quais as freguesias que vão ganhar o estatuto de sede do agrupamento. Telmo Afonso afirma que os critérios para a definição das sedes têm que ser definidos com clareza para evitar desentendimentos entre as populações.

“A cabeça de freguesia será aquela que reunir os critérios para o ser, que penso eu que ainda não estão definidos. Temos que esperar com calma e com serenidade, sem entrar em grandes alaridos até saírem os critérios”, defende Telmo Afonso.

Já a freguesia de Salsas mantém-se com, apenas, 389 residentes. A excepção deve-se ao facto de estar a mais de 15 quilómetros da sede de concelho. No entanto, o presidente da Junta afirma que tem uma boa relação com as freguesias vizinhas.

Filipe Caldas salienta que Salsas se pode agregar a Sendas ou a Serapicos. “Salsas tem um bom relacionamento com as freguesias vizinhas, neste caso com Sendas e com Serapicos. A Assembleia ainda não reuniu, mas eu penso que não temos nada a opôr à junção de Salsas com outras freguesias vizinhas, porque também não temos massa crítica.

São freguesias com pouca população, não temos quase autonomia nenhuma e penso que esta reforma nos deverá trazer mais autonomia e é bom que também tenhamos alguma massa crítica para podermos reivindicar”, defende o autarca.

O concelho de Freixo de Espada à Cinta, o mais pequeno do distrito, vai manter apenas a freguesia da sede de concelho. Já Alfândega da Fé mantém apenas três das 20 freguesias que tem actualmente.

Entre os concelhos com um maior número de freguesias agregadas estão Bragança, Macedo de Cavaleiros, Mirandela e Vinhais.

|Brigantia|
.

Etiquetas: ,

2 Opiniões

At sexta nov 04, 01:00:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Caros Regionalistas,
Caros Centralistas,
Caros Municipalistas,

Esta ideia de agregar freguesias, para além de ser uma ideia estúpida, é inculta, ahistórica e politicamente desastrosa.
Nunca uma outra ideia vai contra TUDO como a que querem obrigar à sua entrada em vigor.
Por outro lado, é um triste sintoma que os seus autores não fazem ideia nenhuma ideia do que pretendem apresentar para assegurar o desenvolvimento harmonioso e sustentado para o nosso País, através da organização política e territorial.
Enfim, uma absoluta tristeza.

Sem mais nem menos.

Anónimo pró-7RA. (sempre com ponto final)

 
At domingo nov 06, 06:11:00 da tarde, Blogger manuel amaro said...

Aqui na minha aldeia há uma zona relvada, muito bonita, muito bem tratada, pelo senhor António Felizardo, que me faz lembrar o blogue da regionalização.
Pouca gente passeia por ali, mas há um passeador, que deve ter um fiel amigo, que de vez em quando lá deixa a sua marca.
Tal como no blogue.
Felizmente o "minha" relva não perde a beleza.
O blogue tb não.

 

Enviar um comentário

<< Home