terça-feira, novembro 29, 2011

“Nos últimos anos centralizámos excessivamente”

“Nos últimos anos centralizámos excessivamente. Hoje, é no Norte de Portugal que a inovação ganha uma nova dimensão em Portugal, com a ajuda das universidades de Aveiro, Porto e Braga”. O reconhecimento é do ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, que esteve esta segunda-feira, no Porto.

Relvas destacou a importância da inovação concentrada no Norte de Portugal. “É importante que não retiremos de Portugal a massa crítica e massa cinzenta de qualidade que tem de existir no todo do território nacional”, frisou, durante a sessão de apresentação dos trabalhos da Academia RTP, no Hard Club, no Porto.

|Lusa|
.

Etiquetas: