quarta-feira, janeiro 04, 2012

ENTREVISTA A PINTO DA COSTA

Fórum das Regiões: Goste-se ou não do FCPorto e do seu líder, carismático, a verdade é que em matéria de defesa dos interesses do seu clube e, no caso em apreço, da sua região, ele tem razão...

Numa longa entrevista publicada no JN do passado Domingo, vários foram os assuntos tratados, entre eles a questão fulcral, para nós, da REGIONALIZAÇÃO:

É um indefectível adepto da Regionalização…só que ela permanece na gaveta!

PC - A Regionalização, além de inscrita na Constituição, tem sido periodicamente defendida por muita gente dos mais diversos quadrantes – mas só para Português ver e enganar o Povo. De facto, ela nunca foi nem será feita porque ninguém a quer; porque Portugal é um País cada vez mais centralista. Há quantos anos se fala de Regionalização? O poder, os governos, nunca a quiseram fazer – nem querem. O País está próspero? As pessoas estão bem? Têm bom nível de vida? Está tudo bem? Então, fizeram bem em não instituir a regionalização. Se está tudo mal, como infelizmente está, as pessoas que impediram a regionalização deviam ser responsabilizadas.

… Mas não devia existir um lóbi mais forte, no sentido de pressionar a institucionalização da regionalização?

PC – Quando os governantes não a querem – e nunca a quiseram – não há lóbi possível. Porque depois há gente que só pode ir até determinado ponto, porque sabemos como são os centros de decisão. Estão a enganar o Povo! Não a quiseram durante todos estes anos e levaram o País à situação caótica em que está, ao ponto de sermos governados por uma troika. Os que a boicotaram deviam ser responsabilizados pelo estado actual do País.

O custo por quilómetro de portagens na auto-estrada da exportação, Aveiro – Vilar Formoso, custará o triplo da auto-estrada Lisboa – Cascais, o que acha?

PC – Fiquei admirado, porque julguei que era seis ou sete vezes mais. Quando verifiquei que era só o triplo pensei que as coisas, afinal, não estavam tão mal como pensava.

Verifica-se pelas indeminizações compensatórias que o Estado dá às empresas públicas que a RTP recebe o triplo do que recebem STCP e a Metro do Porto.

PC – Não me admira. Pensei que fosse muito mais.

JN (1/1/12)

3 Opiniões

At quinta jan 05, 02:26:00 da manhã, Anonymous Paulo Rocha said...

Este homem sabe do que fala !

 
At quinta jan 05, 07:00:00 da tarde, Blogger Rui Valente said...

Pois sabe, e todos os nortenhos também deviam saber e reagir energicamente, mas parece que andam "ganzados" por qualquer estranha droga. Que gentinha esta a nossa, que faria corar de vergonha os ancestrais, se pudessem assistir a tanta passividade

 
At quinta jan 05, 07:00:00 da tarde, Blogger Rui Valente said...

Pois sabe, e todos os nortenhos também deviam saber e reagir energicamente, mas parece que andam "ganzados" por qualquer estranha droga. Que gentinha esta a nossa, que faria corar de vergonha os ancestrais, se pudessem assistir a tanta passividade

 

Enviar um comentário

<< Home