domingo, março 18, 2012

Interior e o despovoamento

Bragança é o distrito do País com mais idosos a viverem sozinhos.

Um distrito de solidão
.
Não, não é um novo filme candidato a Óscares, com Javier Bardem como protagonista. São mesmo os dados revelados no início do mês pela GNR. Bragança é o distrito do país com mais idosos a viverem sozinhos ou isolados dos 18 do país.

Num trabalho denominado Censos Sénior 2012, realizado entre Janeiro e Fevereiro, a GNR identificou 2442 idosos sozinhos em todo o distrito, cerca de mais 900 do que no ano passado. “Este ano tivemos um registo superior. O aumento teve a ver com a consolidação destes censos que nós estamos a fazer. No ano passado era novidade, foi menos tempo.

Enquanto os militares se aperceberam do que é que era necessário fazer demorou algum tempo e não se fez um trabalho tão aprofundado como desta vez”, revelou o major Rui Pousa, da GNR de Bragança, adiantando ainda que a operação deste ano contou com uma novidade, o recurso ao GPS. “Este ano tiramos as coordenadas GPS dos idosos isolados ou a viver sozinhos. Isso pode facilitar, numa situação de catástrofe ou de emergência em que tenha de ir lá alguém sem ser nós, como o caso de bombeiros, ou até do helicóptero. Com as coordenadas GPS torna-se muito mais fácil a localização”, acrescentou.

Em todo o país, a GNR identificou 23 mil idosos a viver sozinhos ou isolados. O distrito de Bragança, com 2442, é o que mais casos regista. Destes, 2402 residem sozinhos e quarenta em locais isolados. Os concelhos de Vimioso, com 624 casos, Torre de Moncorvo, com 450, e Bragança, com 365, são os mais afectados.

“A culpa é dos sucessivos Governos e do abandonoa que votaram a região”, defende o autarca de Vimioso José Rodrigues, o presidente da câmara de Vimioso, entende que este fenómeno é culpa dos sucessivos Governos e do abandono a que votaram a região. “Neste momento está a acontecer o mesmo. Saem serviços dos municípios e as pessoas têm de sair dos nossos concelhos para o litoral. Tudo temos feito para atrair pessoas para Vimioso mas não tem acontecido tanto como nós gostaríamos”, frisou o autarca.

A segunda edição da “Operação Censos Sénior” decorreu entre 15 de Janeiro e 29 de Fevereiro e teve como objectivo registar todos os idosos que vivem sozinhos ou em locais isolados na área de responsabilidade da GNR, o que corresponde a cerca de 94 por cento do território nacional e a 54 por cento da população residente.


@Jornal do Nordeste
.

Etiquetas: