quinta-feira, novembro 08, 2012

Básico !

Regionalização é o ato ou efeito de estabelecer um patamar intermédio de governação entre o poder nacional e o poder local. Foi a base fundacional da CEE, então designada Europa dos povos ou das regiões, sendo composta por 250 regiões, aquando dos quinze. Um dos seus pilares organizativos, é designado por subsidiaridade  que significa a delegação de poderes para os patamares inferiores (regiões) já que estes, por uma questão de proximidade, e não só, sabem fazer melhor.

O facto de não nos termos regionalizado, em devido tempo, como aconteceu com os nossos parceiros comunitários, sendo a nossas vizinhas Galiza e Extremadura um exemplo, bem eloquente, de sucesso, demonstra claramente quão penalizados fomos. Mas por outro lado indica que só com alguma autonomia regional é que se pode abrir o caminho do sucesso já que a participação dos residentes torna a administração mais eficiente.

As debilidades do nosso país estão expostas, este é um país maioritariamente bloqueado. A não alterarmos o nosso atual modelo administrativo (centralista/municipalista), então, depois de sermos os últimos na UE a 15, caminharemos, inexoravelmente, para a cauda da UE, agora a 27.
.

Etiquetas: