sexta-feira, janeiro 25, 2013

E A REGIONALIZAÇÃO ?

Nova organização do território nacional já está definida
.
Das actuais 28 sub-regiões, sobreviverão 23 comunidades intermunicipais - 21 comunidades e 2 áreas metropolitanas.

Fico ontem definido o novo mapa administrativo de Portugal. Das actuais 28 comunidades intermunicipais ficarão apenas 23, conhecidas como NUT III, onde estão incluídas as duas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto.

O Secretário de Estado da Administração Local e da Reforma Administrativa, Paulo Júlio confirmou hoje, numa conferência sobre áreas urbanas na Universidade da Beira Interior, que o novo mapa administrativo de Portugal já está definido e acordado com as respectivas comissões de coordenação regionais. 

"Responde à necessidade de não haver comunidades intermunicipais nem sub-regiões com menos de cinco municípios e cerca de 90 mil habitantes", disse o membro do Executivo.

@DE

Etiquetas:

5 Opiniões

At sexta jan 25, 05:42:00 da tarde, Blogger João P. Marques Ribeiro said...

Os adversários da Regionalização devem estar a exultar com estas manobras e manobretas políticas.
Mexe-se no mapa regional português à revelia dos cidadãos, mas mantendo sempre os joguinhos de interesses entre o Terreiro do Paço e as autarquias. Regras feitas "porque sim" ("a necessidade de não haver comunidades intermunicipais nem sub-regiões com menos de cinco municípios e cerca de 90 mil habitantes"), novos corpos dirigentes principescamente pagos sem que a população seja tida nem achada para os eleger.

Foi esta profusão de interesses e procedimentos de gabinete e anti-democráticos que os anti-regionalistas arranjaram com a rejeição da Regionalização.

Espero que estejam contentes com o resultado.

 
At sexta jan 25, 08:48:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Falta ver o mapa.
Mas a diminuição de 28 para 23 parece-me positiva. Assim como a separação das AML e AMP.
Poderá ser um bom passo rumo a regionalização.

Mas ainda assim, acho que 23 ainda são muitas regiões.

Não sei é porque é que se perguntou a opinião das comissões de coordenação regionais. Os concelhos é que têm que ser ouvidos, pois os seus presidente foram a votos e representam mais as populações.

 
At sexta jan 25, 11:15:00 da tarde, Blogger João P. Marques Ribeiro said...

Caro Anónimo:

As NUT-III não são regiões, são sub-regiões. Em quase nenhum lado (apenas em casos pontuais da Europa de Leste) elas se correspondem com áreas de governação política, e muito menos com regiões administrativas, como se pretende para Portugal.

As NUT-III pretendem ser pequenas unidades exclusivamente para fins estatísticos, com a finalidade de aferir melhor as realidades específicas de cada zona. São, por isso, sub-regiões, sem qualquer poder político.

A intenção deste Governo, de dotá-las de órgãos executivos com cargos remunerados não eleitos, não é mais que uma forma de contornar a Regionalização, apresentando-se como uma "pseudo-alternativa", que tem todos os ingredientes para não resultar.

Invariavelmente, estas CIM vão tornar-se, como já aconteceu no passado, palcos de mesquinhas lutas entre autarcas vizinhos de diferentes cores políticas, facilmente manobráveis pelo Poder Central e com nula autonomia. E, pior que isso, com tantos ou mais custos que a Regionalização.

Cumprimentos,

 
At segunda jan 28, 02:14:00 da tarde, Blogger Anderson Silva said...

bom dia,adoro esse blog,sempre que dá estou passando aqui para pegar algumas dicas,ve os artigos,pow continue postando mais,fico o dia inteiro vendo blog hehehehe,alguem sabe me falar se esse aqui é bom www.softwarecelularespiao.com.br ???amigo meu aqui "virtual" que me passou...abraços e assim que der eu volto a passar aqui

 
At terça jan 29, 04:20:00 da manhã, Blogger al cardoso said...

Tambem estou ansioso para ver o mapa e poder constactar a falta de caracter de muitos autarcas que com ele concordaram!
A ver vamos....., mas nao dou nada por isto!
Quer-me parecer, que e para dar tacho a alguns autarcas em fim de mandato!

Um abraco regionalista.

 

Enviar um comentário

<< Home