domingo, março 10, 2013

MADEIRA: JARDIM VOLTA A REIVINDICAR MAIS AUTONOMIA POLÍTICA

O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, voltou hoje a defender maior autonomia para a Madeira.
O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, voltou hoje a defender maior autonomia para a Madeira para que a Região possa adoptar as medidas políticas que mais lhe convenham.
"Nós temos direito a ter uma maior autonomia política porque se tivéssemos uma maior autonomia política os impostos fixados pelo parlamento da Madeira e não por Lisboa, as decisões sobre a economia e o emprego eram tomadas pelo parlamento da Madeira e não por Lisboa mas, infelizmente, ainda há na Madeira quem queira estar subjugado a Lisboa", disse ao intervir na "XXII Exposição Regional da Anona", na freguesia do Faial, no concelho de Santana.
Alberto João Jardim, depois de ter defendido a necessidade de uma Revisão Constitucional e de ter criticado a política de correção do défice público através do aumento dos impostos com medidas que sobrecarregam famílias e empresas, salientou que a Madeira "não pode ficar à mercê daqueles senhores de Lisboa que nos querem impor os erros que estão a cometer".
Reclamou que Portugal tem "esperança" e contestou a imagem que os órgãos de comunicação social passam do país: "Dá impressão que nós estamos num funeral permanente, dá impressão que este país não tem esperança".
@DE

Etiquetas: