segunda-feira, maio 27, 2013

A FALTA QUE A REGIONALIZAÇÃO FAZ ...!

Cinquenta personalidades acusam Governo de "falta de respeito" pelo Porto

Há um grito de revolta a norte que tem a voz de cinquenta personalidades que se destacam em vários sectores de actividade. Trata-se de uma carta aberta promovida por Rui Rio e dirigida ao governo, que aponta o fraco sentido de responsabilidade do executivo e "falta de respeito pela cidade." O documento foi assinado por pessoas como Belmiro de Azevedo, Américo Amorim, o Bispo D. Manuel Clemente, Sobrinho Simões e Miguel Cadilhe.

Nesta Carta Aberta, Rio acusa o Governo de prejudicar a cidade, falhando consecutivamente nos compromissos assumidos com a Porto Vivo, sociedade de reabilitação urbana do centro da cidade.

O tom manifesta o descontentamento com o que considera ser o bloqueio do executivo ao investimento na cidade, mesmo tendo em conta a crise que o país atravessa. Aliás, diz Rio, a reabilitação urbana é um dos setores de elevado potencial para inverter as tendências recessivas.

Dando vários exemplos de falhas do executivo em relação à Porto Vivo, Rui Rio conclui que só uma estranha obsessão e um total desconhecimento da realiadade podem levar o executivo a asfixiar a empresa, num tempo em que se exige a quem governa o país, visão estratégica e capacidade de decisão.
.



Etiquetas:

2 Opiniões

At terça mai 28, 05:39:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O Rio tem memoria curta.

O metro do Porto já não deu prejuizos que chegue e ainda quer mais uma empresa a mamar do bolso dos portugueses?

 
At domingo jun 02, 12:27:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

A metro do porto deu prejuizo por causa das swaps.
Lisboa está constantemente a prejudicar o Porto e a SRU é a gota d'agua. Não há esperança nos governos centrais de Lisboa.
Sabemos claramente que querem prejudicar o Porto em concreto. (e posso dizer o país, fora os seus boys)
Já não temos duvidas que não é falta de competência.

 

Enviar um comentário

<< Home