segunda-feira, março 17, 2014

Catalunha: Barcelona admite "declaração unilateral de independência" ...!


O presidente da Generalitat insiste no referendo de 9 de Novembro
.

Artur Mas, presidente da Generalitat, não descarta declarar unilateralmente a independência da Catalunha caso Madrid continue a não aceitar a convocação de um referendo de soberania da região marcado para 9 de Novembro deste ano.

"A declaração unilateral de independência não é o nosso marco ideal, nem o melhor, nem o que queremos. Mas não o podemos descartar a 100% porque seria uma renúncia tão evidente que nos faria perder a força", disse hoje o líder catalão, num encontro organizado pelo 'El Periódico de Cataluña'.

Ao contrário de Londres que aceitou a consulta pública aos escoceses sobre se querem ou não continuar no Reino Unido, Madrid nem sequer está aberto ao diálogo sobre o assunto. Mas explica, por isso, que sem a "via britânica" - o acordo entre Londres e Edimburgo que fixaram a pergunta, a data e o procedimento do referendo -, o governo de Barcelona pode seguir a ‘via Kosovo', de declaração unilateral de independência. Um processo, aliás, que foi aprovado pela maioria dos países europeus, com excepção de Espanha e alguns países balcânicos. "Para a convivência, ir a votar não é perigoso, mas não puder votar é", disse Mas.

@DE

Etiquetas: