terça-feira, maio 06, 2014

DATA CENTER DA PT - INVESTIMENTO QUE PROMOVE ECONOMIA REGIONAL


O Data Center da PT, na Covilhã, é um investimento de referência que veio preencher o ciclo de transformação tecnológica da PT, iniciada em 2008 com o lançamento do MEO.

A Portugal Telecom (PT) tem em curso um investimento de 90 milhões de euros, a executar em duas fases, no seu novo Data Center, localizado na Covilhã, que deverá criar 1.400 postos de trabalho, directos e indirectos. O Data Center da PT foi inaugurado em Setembro passado e é um dos maiores, mais eficientes e ecológicos ‘data centers’ do mundo.

O Centro de Dados ocupará uma área total de 75.500 metros quadrados, será constitufdo por quatro blocos e terá capacidade até 12.000 metros quadrados de espaço de TI (tecnologias de informação). O primeiro bloco, inaugurado em Setembro de 2013, tem seis salas com 520 metros quadrados e um PUE (Power Usage Effectiveness) de 1,25.

Com esta inauguração, a rede de Data Centers da PT, composta por oito data centers, vai aumentar a sua capacidade de 14 mil para 26 mil metros quadrados de white space, de 6 mil para 56 mil servidores e de 3 para 33 Pbytes de armazenamento.

Segundo fonte da empresa, o novo Data Center permite à PT expandir o seu posicionamento global no mercado de cloud e serviços de data center aproveitando a presença internacional do grupo em quatro continentes e o seu ecossistema de parceiros de referência para, também, capturar negócios em outras geografias.

A decisão de realizar este investimento na Covilhã foi tomada após uma avaliação qualitativa e quantitativa que envolveu 26 cidades, sendo que a sustentabilidade era factor decisivo no desenho do projecto.

De acordo com a PT, a eficiência energética, a par de factores como a sustentabilidade da localização, a eficiência no uso da água, a inexistência de poluição luminosa, a utilização de materiais da região e as emissões atmosféricas, foi determinante para a obtenção da certificação de referência LEED - Leadership
in Energy and Environmental Design. O edifício de suporte será LEED Platinum e o bloco de Data Center LEED Gold.

Trata-se de um edifício único em todo o território nacional, em que, segundo a PT, tecnologia, arquitectura e engenharia estão em simbiose com a envolvente ambiental. É um edifício inteligente em que são minimizados os consumos de energia em termos de iluminação e climatização, através de vários processos, entre os quais se incluem uma central fotovoltaica, a recuperação de calor e barramentos de energia, o aproveitamento do ar exterior e a utilização de Leds de baixo consumo.

O edifício reflecte-se num espelho de água, numa inspiração no Taj Mahal de Agra, na fndia, e espalhadas pela área de jardim do campus encontram-se cerca de 610 árvores e plantas autóctones que dispensam rega, o que permite optimizar o consumo de água.

(...)

@ PORTUGAL GLOBAL

Etiquetas: