quinta-feira, fevereiro 18, 2010

Aeroporto Francisco Sá Carneiro novamente terceiro melhor na Europa

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, foi considerado o terceiro melhor da Europa em 2009, o que já tinha acontecido em 2006 e 2008, foi hoje divulgado pela ANA, Aeroportos de Portugal.

A distinção foi atribuída pelo ACI - Airports Council Internacional, que em 2007 considerou ainda o aeroporto do Porto como o melhor europeu até cinco milhões de passageiros.

De acordo com uma nota de imprensa da ANA, o Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada (Açores), também foi distinguido pelo ACI.

Este aeroporto foi considerado pelo Airport Council International como o aeroporto europeu que registou a maior subida nos indicadores da qualidade do serviço entre 2008 e 2009.

O aeroporto do Funchal (Madeira) registou a nona posição.

As classificações constam do estudo Airport Service Quality-Survey, do ACI, e baseiam-se nos resultados de cerca de 200 mil questionários preenchidos pelos passageiros no ano passado.

Nestes questionários, os passageiros manifestaram a sua opinião sobre 34 categorias de serviços nos aeroportos, desde o atendimento no check-in até à limpeza dos lavabos, passando pela simpatia dos funcionários ou pelo tempo de espera pelas malas.

O ACI é a única associação profissional mundial de operadores de aeroportos, representando 440 aeroportos em 45 países, por onde passam mais de 90 por cento do tráfego aéreo mundial.

|Destak/Lusa|

1 Opiniões

At sexta fev 19, 12:24:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Caros Regionalistas,
Caros Centralistas,
Caros Municipalistas,

Mesmo com estes excelentes resultados anualmente sucessivos, o efeito na regionalização é nulo, mas já não o é o apetite devorador de quem quer transformar lucros públicos em lucros privados, depois do Estado ter realizado investimentos vultuosos na sua modernização e no aumento da sua eficácia e eficiência, mostrando que nem tudo o que é "público" é o inferno nem muito do que é privado é o céu (repare-se que a actividade financeira subjacente à crise mundial em curso tem-se revelado, para milhões de pessoas, um pesadelo bem digno da entrada no pior dos infernos, o dos vampiros, acabando por os recursos públicos ter de dar a ajuda conveniente e duvidosamente necessária).
Já agora, gostaria de me candidatar à privatização "nortenha" do Aeroporto de Pedras Rubras, uma vez que também tenho direito a igualdade de oportunidades de acordo com as disposições constitucionais ainda não revogadas nem tão pouco condicionadas e verificar se, deste modo, consigo arrancar alguns passos para a frente com destino à regionalização autonómica, como muitas mentes iluminadas e categóricas pretendem inexplicavelmente (isto é, com a maior "lata") convercer-nos.
E, claro, também me dava algum jeito a alavancagem de outros meus e futuros negócios a partir dos "modestos" cash-flows gerados por uma importante plataforma aero-portuária pública como a situada em Pedras Rubras e que, por minha superior iniciativa, iria transformar num exemplo a seguir em termos de crescimento sustentado dos excedentes financeiros, de recuperação de investimentos de todas as operadoras "low cost" autosuspensas e colocá-la na 1ª. posição a nível mundial, tudo isto sem qualquer ajuda "política" das AM's, CIM's e CU's.
Se dava, ...

Sem mais nem menos.

Anónimo pró-7RA. (sempre com ponto final)

PS - Mudando de assunto, estou a adorar as audições na Comissão Parlamentar sobre a Liberdade de Imprensa", tendo-me impressionado as intervenções dos dois primeiros e exemplares auditores.
Um mimo.
Como gostava de ser deputado, num contexto político destes, para poder assistir a tão subidas intervenções e exaltar todo o entusiasmo libertador e republicano da minha expressão oral, escrita e televisiva.

 

Enviar um comentário

<< Home