terça-feira, abril 27, 2010

Lisboa maior em tudo ... até na dívida!

Lisboa é responsável por 26% da falta de liquidez autárquica

|Ana Rita Faria|

Em 2008, o sector da administração autárquica apresentavam uma falta de liquidez de 751,6 milhões de euros. Lisboa era a responsável por 26 por cento da liquidez negativa de todos os municípios.

De acordo com o anuário financeiro dos municípios portugueses, apresentado hoje na conferência “Poder Local”, organizada pelo Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas e pela TSF, a liquidez geral das autarquias era negativa em 751,6 milhões de euros 2008, o que mostra que, regra geral, os créditos sobre terceiros e as disponibilidades das câmaras são insuficientes para cobrir as dívidas a terceiros no curto prazo.

Enquanto em 2006 e 2007 se tinha verificado uma melhoria deste indicador, em 2008 a liquidez reforçou os valores negativos, aumentado cerca de 66,6 milhões de euros.

Lisboa contribui com 26 por cento para esta liquidez negativa mas estão também nesta situação outros 197 municípios, de um total de 308. A maioria dos municípios portugueses revela assim grande dificuldade em honrar os seus compromissos financeiros a curto prazo.

Em 2008, Lisboa apresentava uma liquidez negativa de 202 milhões de euros. O seu passivo exigível (dívidas a pagar) ascendia a 1.116 milhões de euros, cerca de 16 por cento das dívidas de todos os municípios portugueses (7.124 milhões).
.

Etiquetas:

2 Opiniões

At terça abr 27, 04:39:00 da tarde, Anonymous Paulo Rocha said...

Lisboa, sozinha, representa quase 30% do total das dívidas dos 308 municípios portugueses. É obra!

 
At terça abr 27, 04:41:00 da tarde, Anonymous José A Pinto said...

este é, também, um indicador do radical centralismo vigente.

 

Enviar um comentário

<< Home