quinta-feira, abril 29, 2010

Reabilitação da Baixa Pombalina

Reabilitação da Baixa Pombalina vai custar mais de 700 milhões de euros

A Câmara de Lisboa aprovou hoje a abertura do período de discussão pública do plano de pormenor de salvaguarda da Baixa Pombalina, que estima em mais de 700 milhões de euros os custos com reabilitação.

A abertura da discussão pública do plano de pormenor foi aprovada com os votos contra do CDS-PP, a abstenção do PSD e do PCP e os votos favoráveis do PS e dos independentes do movimento Cidadãos por Lisboa (eleitos pelo PS).

Os custos de reabilitação com imóveis estão estimados em 653 milhões de euros, num investimento a concretizar entre 2010 e 2020, conforme foi hoje apresentado na reunião pública do executivo municipal.

Para o mesmo período, foram estimados em 64 milhões de euros os custos com reabilitação do espaço público.

Nesta reabilitação do espaço público insere-se o "reperfilamento da Rua da Prata, com verbas previstas no PIPARU [Plano de Intervenções Prioritárias em Reabilitação Urbana]", afirmou o vereador do Urbanismo, Manuel Salgado.

A praça que será criada junto à Boa Hora será assegurada por um promotor imobiliário, acrescentou.
(...)

|Lusa|

Nota do editor:
No final de 2009, a Câmara Municipal de Lisboa devia a terceiros € 1.168 600 000 000 ( 1.168,6 milhões de euros)
.

Etiquetas: