quinta-feira, outubro 28, 2010

Elite mundial do turismo desvenda novos caminhos para o Douro

Em Novembro, a cidade de Vila Real é o palco do maior debate alguma vez realizado sobre o destino turístico do Douro.

Durante três dias – de 11 a 13 de Novembro – dezenas de especialistas nacionais e internacionais reúnem-se na Aula Magna da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) para apresentar novos caminhos rumo ao desenvolvimento sustentável da região, enquanto pólo de atracção turística. Analisar a actual situação do turismo do Douro e apresentar caminhos de desenvolvimento rumo à excelência, à luz da actual situação sócio-económica do país, são objectivos do evento.

O Douro foi o primeiro destino a nível mundial a receber a avaliação do Centro de Excelência dos Destinos (CED) e o primeiro em Portugal a adoptar os princípios do Geoturismo da National Geographic, tendo sido reconhecido por esta organização internacional como o sétimo destino turístico sustentável, num ranking de 133 destinos internacionais. Desde então, o Douro passou a integrar uma rede internacional de destinos que definiram a excelência turística como objectivo central do seu modelo de desenvolvimento.

Neste contexto, César Castañeda, do Centro Mundial de Excelência de Destinos, James Dion, da National Geographic, Luiz Mor, da TAP, e Javier Blanco, da Organização Mundial do Turismo (OMT), são alguns dos peritos convidados. A relação que o Destino Douro estabelece actualmente com categorias como transportes e circuitos turísticos, saúde e bem-estar, enoturismo, alojamento e promoção interna e externa constitui o tema em debate.

Entre especialistas das diversas áreas temáticas, organizações e empresas ligadas aos produtos turísticos do destino, instituições de ensino e de investigação, municípios e profissionais do sector, é esperada a participação de 300 personalidades no evento.

A Conferência Internacional é promovida pelo IPDT, em parceria com as Entidades Regionais de Turismo do Douro e do Porto e Norte de Portugal, contando com o apoio da Estrutura de Missão do Douro e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte/Programa Operacional Regional do Norte 2007-2013.

|DT||
.

Etiquetas: