segunda-feira, novembro 29, 2010

Cada visitante do Norte gasta 850 euros

Os turistas que visitaram o Porto e Norte de Portugal durante o terceiro trimestre deste ano gastaram mais 6% do que em 2009. Em média, cada visitante em lazer gastou 850 euros; e o visitante em negócios 697 euros (no segundo trimestre, ficaram-se pelos 421 euros).

Entre os 508 turistas entrevistados à chegada ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo, no terceiro trimestre deste ano, 78,8% afirmaram que vinham em lazer e apenas 21,2% em negócios.

O turista de lazer na região do Porto e Norte é de classe média-alta, casado, tem níveis de rendimento elevado e habilitações superiores, em especial no grupo de negócios.

A maioria prefere as companhias aéreas de baixo custo e só 20% utiliza agências de viagens para marcar as férias. A grande maioria, embora prefira os hotéis, utiliza normalmente a casa de familiares e amigos para se instalar. Além do Grande Porto, as cidades mais visitadas são Braga, Guimarães, Viana do Castelo, Póvoa do Varzim e Espinho.

Os países emissores mais importantes no segmento de lazer continuam a ser França, Espanha e Brasil e, no segmento de negócios, Espanha, Alemanha e Itália.

|JN|
.

Etiquetas: