quarta-feira, fevereiro 23, 2011

«Amplo consenso político» é indispensável para regionalização

O eurodeputado socialista Capoulas Santos disse na passada segunda-feira que para a implementação da regionalização é indispensável existir um «amplo consenso político». As declarações foram feitas à margem do seminário «Regionalização e Revisão Constitucional: Que perspectivas?».

Segundo Capoulas Santos, a regionalização é «necessária, mais ainda em momentos de crise, obviamente num contexto de uma reforma mais ampla do Estado», pois é «nos momentos de crise que se fazem as grandes reformas». No entanto, deve assentar em três princípios, de acordo com o eurodeputado.

«Primeiro, redução da despesa pública. A regionalização só pode e só deve fazer-se se reduzir a despesa pública. Como? Reduzindo em maior número cargos políticos e despesas do que aqueles que sejam criados no futuro. Racionalizando portanto», disse, acrescentando um «referendo» e «um amplo consenso político» como as outras condições necessárias.

«Infelizmente, o debate político em Portugal está inquinado pela lógica do imediatismo. Mas a luta política é uma coisa e os interesses mais profundos do país devem ser outras», explicou aos jornalistas sobre a facilidade de um consenso político.

|A BOLA|
.

Etiquetas: