sexta-feira, fevereiro 25, 2011

NORTE LIDERA EXPORTAÇÕES NACIONAIS

Exportações são um desígnio nacional e o Norte puxa a "carroça". Em 2010, as exportações do Norte cresceram 8,3%, mas ficaram longe do desempenho de 2008.

Leixões teve em Janeiro um dos melhores meses de sempre, as exportações subiram 60%
A recuperação da economia portuguesa depende do incremento das exportações. É um desígnio nacional, diz o Governo. E o Norte terá que continuar a puxar a "carroça".

Em 2010, as exportações portuguesas cresceram 15,7 por cento, atingindo os 36.769 milhões de euros.

Deste bolo, a região Norte assegurou uma fatia de 12.883 milhões de euros, pesando um terço do total.

Comparativamente a 2009, conseguiu um aumento de 8,3 por cento. Mas ficou aquém do desempenho de 2008, quando atingiu os 14.862 milhões de euros.

"Para a região Norte nunca foi tão verdade como hoje dizer que exportar é viver", sublinha o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), Carlos Lage.

O Norte ainda é muito têxtil, calçado, cortiça e vinho do Porto, mas começa o sistema científico e tecnológico começa a dizer que também em produtos para vender ao exterior. "Estão aí o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologias, sediado em Braga, o Consórcio em Saúde I3S, o Grupo de Investigação 3B's da Universidade do Minho, o INESC Porto, só para dar alguns exemplos", argumenta Carlos Lage.

SIDERURGIA EM ALTA 

Na região Norte há dois grandes protagonistas nos últimos meses de 2010, diz o presidente da Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL), Matos Fernandes.

"A siderurgia é um exportador recente, de 2010, que está em força E a indústria metalomecânica também, não esquecendo os materiais eléctricos. A tendência mantém-se em Janeiro e deverá continuar ao longo de 2011", adianta.

O porto de Leixões teve em Janeiro último um dos melhores meses de sempre, com o volume total de carga movimentada a atingir 1,4 milhões de toneladas. O aumento foi de 30 por cento face a Janeiro de 2010 e o volume de mercadorias exportadas aumentou 60 por cento.

Matos Fernandes aponta outra mudança a Norte, que é o aumento das vendas para fora da União Europeia Mas, antes, faz questão de dizer que em Leixões baixaram em 4,5 por cento as taxas por uma questão de atractividade.

Voltando aos novos mercados, Matos Fernandes diz que "no porto de Leixões, o que vemos é que há ganhos de importância em países como Marrocos, Angola, Moçambique, Estados Unidos e Canadá".

O REFORÇO DO TURISMO 

Um dos gestores do ON.2 - Programa Operacional Regional do Norte, Mário Rui Silva, também fala de um processo de ajustamento estrutural da economia do Norte, com reflexos na alteração na composição das suas exportações de bens e serviços. "Não obstante, muitos dos sectores de especialização da região observaram igualmente processos de reconversão e de uma nova focagem dos seus negócios, observando nos últimos anos um reganhar de competitividade.

Por exemplo, as indústrias têxtil, do vestuário e do calçado, concentradas a Norte, representaram, em 2010, 14 por cento das exportações portuguesas e contribuíram para a retoma das exportações. A fabricação de produtos metálicos e a fabricação de máquinas e de equipamentos consolidam-se como sectores exportadores bastante dinâmicos, em função de uma maior incorporação de conhecimento e de um maior controlo sobre a cadeia de valor", defende.

Mário Rui Silva fala, ainda, do contributo do sector do turismo, que "será reforçado nos próximos anos, tendo em conta a crescente oferta hoteleira de qualidade superior e a dinâmica ao nível das portas de entrada marítima e aérea na região".

E dá o exemplo da "dinâmica gerada" pelo Aeroporto Francisco Sá Carneiro e do novo terminal de cruzeiros da APDL, que colocará o Norte no mapa do turismo de cruzeiros. "Para além de eventos como Guimarães Capital Europeia da Cultura", acrescenta.

|Grande Porto|
.
Etiquetas: 

Etiquetas: ,

4 Opiniões

At sexta fev 25, 10:42:00 da manhã, Blogger Pedro Rodrigues said...

Muito bom... Visite o meu Blog por favor:

http://geracao-perdida.blogspot.com/

 
At sexta fev 25, 09:54:00 da tarde, Blogger Antonio Almeida Felizes said...

Caro Pedro Rodrigues,

Agradeço-lhe o elogio ao blog.

Caso esteja de acordo, na próxima segunda-feira (em princípio) irei publicar neste blog o seu 'post' sobre a reforma administrativa em Portugal e, como sempre fazemos, com indicação do autor e respectiva proveniência.

Cumprimentos,

 
At quarta jul 13, 04:08:00 da tarde, Anonymous Isabel Cristina Costa said...

Deixe-me corrigir a fonte deste artigo. Não é Grande Norte, mas sim Grande Porto.Obrigada.

 
At quarta jul 13, 04:36:00 da tarde, Blogger Antonio Almeida Felizes said...

Cara Isabel Cristina Costa,

Agradecemos a informação. Já está corrigido.

Cumprimentos,

 

Enviar um comentário

<< Home