segunda-feira, março 28, 2011

Bragança e Zamora reivindicam ligação em autoestrada da fronteira

População exige ligação da fronteira em autoestrada

Autarcas e cidadãos de Bragança e Zamora subscreveram hoje um manifesto a reivindicar que a ligação em autoestrada da fronteira seja incluída na agenda da próxima cimeira ibérica, com os espanhóis a pedirem obras e os portugueses isenção de portagens.

Apesar da chuva e do sono roubado pela mudança da hora algumas dezenas de pessoas percorreram a pé cerca de dez quilómetros de cada lado até à fronteira de Quintanilha para reclamarem a construção da autoestrada do lado espanhol e a isenção de portagens na que se encontra já em construção do lado português.

Da marcha luso-espanhola saiu um manifesto que vai ser remetido ao presidente do governo espanhol e ao primeiro-ministro português com reivindicações para ambos os lados.

No documento reivindicam que o governo declare de interesse internacional e prioritária a autoestrada A-11, mais precisamente os cerca de 80 quilómetros que ligam Zamora à fronteira.

O manifesto reclama ainda que esta obra seja incluída na agenda de "temas urgentes" da próxima cimeira ibérica e que o Governo de Portugal isente de portagens a autoestrada Transmontana até à melhoria dos indicadores sócio-económicos da região.

|Lusa|
.

Etiquetas: ,