quinta-feira, março 31, 2011

Centralismo: RTP N perde direção independente e é integrada na direção de informação da RTP

A RTP N vai ser integrada na direção de informação da RTP, perdendo assim a direção independente, até agora da responsabilidade de José Alberto Lemos

A RTP N passará a estar sob a alçada direta da direção de informação televisão da RTP, liderada por Nuno Santos, perdendo assim a sua direção, que era constituída por José Alberto Lemos e os adjuntos Carlos Daniel e Dinis Sottomayor.

Segundo despacho interno hoje distribuído na RTP e a que a Agência Lusa teve acesso, “a RTP N será integrada, de forma autónoma, na direção de informação televisão”.

Em Outubro de 2007, na inauguração das novas instalações da RDP no Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia, o então ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva – atualmente ministro da Defesa Nacional – disse que o novo contrato de concessão de serviço público de televisão, que iria ser colocado a discussão pública, "define com muita clareza" que a RTP N se destina à "prestação especializada de informação, com destaque para temas, ideias e protagonistas não habitualmente representados no panorama audiovisual".

Augusto Santos Silva salientou, então, que o contrato, acordado entre o Governo e a administração da RTP, definia que a RTP N deveria transmitir produção "preferencialmente com origem nas suas delegações", designadamente a do Porto.

O Conselho de Administração deliberou ainda a extinção do centro de novos negócios e projetos, do gabinete de apoio às operações regionais, do gabinete de coordenação das operações internacionais, da direção de conteúdos de ficção e entretenimento e da direção de conteúdos educacionais e culturais, assim como a exoneração dos cargos dos respetivos responsáveis.
(...)
|Lusa|
.

Etiquetas:

1 Opiniões

At sexta abr 01, 09:31:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mais uma vergonha! Mais uma punição! Mais um acto de corrupção institucional!
Temos de fazer algo!
Defendo derrube de governo atrás de governo; o problema chama-se "governantes"! Vamos desgovernar!
Isto é o principio da receita!
gu

 

Enviar um comentário

<< Home