terça-feira, agosto 02, 2011

Reflexões em tempo de férias

Caros Amigos.
Durante o periodo de férias pude constatar o seguinte:
  • Os grandes eventos culturais de verão realizam-se quase e em exclusivo na nossa Capital, e no Algarve, porquê?
  • Alguns dos nossos grupos musicais sobretudo do norte do país chegam inclusive a lançarem os seus álbuns na Capital, porquê?
  • Os eventos (muito poucos) que se realizam a Norte do país, são coordenados quase na totalidade por entidades localizadas na nossa capital, porquê?
  • Os nossos portos de mar e nomeadamente Leixões transferiram este ano quase a totalidade dos lucros para o Estado, quando habitualmente davam metade…este ano o accionista Estado decidiu levar quase todos os lucros, porquê?
  • O nosso Aeroporto Sá Carneiro, perde passageiros devido á portagem nas Scuts, porquê?
  • Pagamos Scuts no norte e não em todo o país porquê?
Não quero desta forma "dividir" o país, mas lanço a pergunta:
"De quem é a culpa?"
NÃO...NÃO...NÃO ESTOU A FALAR DE REGIONALIZAÇÃO.

Por: José António Terroso Modesto