sábado, setembro 10, 2011

Vinicultura: Região Demarcada do Douro brilha em certame internacional

Os vinhos da Região Demarcada do Douro e Ribeira do Douro, a par dos néctares da Rioja (Espanha), foram as “estrelas” do concurso Arribes 2011, certame que elege os “melhores” vinhos da região transfronteiriça do Douro.

Os vinhos portugueses obtiveram “uma excelente pontuação”, conquistando prémios em oito das nove categorias a concurso.

“Os prémios conquistados pelos produtores de vinho da região do Douro, vem mais uma vez atestar a qualidade dos vinhos ali produzidos e dar a conhecer aos apreciadores o trabalho dos vitivinicultores durienses na elaboração dos seus néctares”, disse à Lusa o promotor do certame, José Luís Pascual.

A região DOC do Douro arrecadou, a par da região espanhola da Rioja, os 10 galardões a concurso, nas diversas categorias.

O júri do concurso premiou ainda mais 19 vinhos portugueses entre verdes e regionais de Trás-os-Montes, Beira Interior e Tejo.

Nesta VII edição do certame, marcaram presença 351 vinhos, que foram avaliados por um conjunto de jurados através de um “prova cega”.

O júri do concurso foi composto por 15 personalidades ligadas ao sector vitivinícola, oriundas de países como Espanha, Portugal, Alemanha e Estados Unidos.

O prémio Arribes está integrado na Rota Internacional do Vinho, entidade que agrega cerca de 70 parceiros portugueses e espanhóis de sectores que vão desde a restauração, produtos endógenos, produção de vinho e azeite ou turismo em espaço rural e meio ambiente.

“Para o próximo ano, vamos aumentar o número de vinho a concurso e por esse motivo queremos ser um dos maiores concursos de vinhos da Península Ibérica ”, rematou José Luís Pascual.

Os dois países ibéricos “unidos” são capazes de organizar rotas turísticas que projetem a região transfronteiriça para os mercados internacionais, já que os produtos ali produzidos começam a ser conhecidos e procurados pelos mercados externos.

Para os apreciadores de vinhos, “as iniciativas promovidas pelos três organismos ibéricos associados entre si são encaradas como uma forma de potenciar o enoturismo numa região com história e potencial ambiental”.

A entrega dos prémios “Arribes 2011” está agendada para o dia 12 de novembro, numa gala transfronteiriça que ocorrerá em Trabanca, Espanha.

@Lusa