sábado, novembro 26, 2011

NORTE CONJUNTURA - 2.º Trimestre 2011


  • No 2º trimestre de 2011, o PIB português, penalizado pela procura interna, diminuiu 0,9% em volume, em termos homólogos, acentuando assim a tendência negativa que já se fizera sentir no 1º trimestre (-0,5%).
  • A taxa de desemprego na Região do Norte foi de 12,6%, no 2º trimestre de 2011, descendo duas décimas face ao trimestre anterior. Ao mesmo tempo, a taxa de emprego (dos 15 aos 64 anos de idade) alcançou o valor mais elevado desde há dois anos, com 64,1%.
  • O sistema bancário e financeiro diminuiu o financiamento às famílias e às empresas. Na Região do Norte, o incumprimento bancário por parte das empresas (crédito vencido) ascendia, no 2º trimestre, a 5,6% do crédito concedido.
  • As exportações de mercadorias da Região do Norte abrandaram no 2º trimestre, crescendo 15,4%, em valor, face ao período homólogo (20,3% no trimestre anterior).
  • De entre as indústrias tradicionais do Norte, destaca-se o calçado, que nos últimos três trimestres observou, a nível nacional, crescimentos na produção, na facturação e nos indicadores de mão-de-obra.
  • O turismo parece atravessar novamente um bom momento na Região do Norte, com os estabelecimentos hoteleiros a registarem melhorias nos seus indicadores de actividade.
  • Ao longo do 2º trimestre de 2011, a taxa de realização de fundo (fundo executado em % do valor de fundo aprovado) global do QREN na Região do Norte passou de 40,5% para 44,3%.
LER  DOCUMENTO COMPLETO
.

Etiquetas:

1 Opiniões

At sábado dez 03, 05:09:00 da manhã, Blogger Carlos Santos said...

Pois o Turismo do "Norte" a crescer...

Porto a crescer e todo o Norte em perda.
http://forum.bracarae-avgvste.com/viewtopic.php?p=50579#p50579

Região de Turismo Porto e "Restos", com este nome obviamente que em qualquer certame/evento de promoção da região promove-se as dormidas no Porto com visitas de um dia sem dormida a outro local. Depois vemos os vídeos de promoção de Portugal com a colaboração da região, e normalmente temos zero imagens do Minho.

 

Enviar um comentário

<< Home