domingo, fevereiro 05, 2012

“O desejo de Lisboa é que o Norte nunca venha a ter líder”

O ex-líder do PSD Luís Filipe Menezes afirmou hoje que “o desejo de Lisboa é que o Norte nunca venha a ter líder” e que “há quem trabalhe para conseguir na secretaria esse desiderato”.

As afirmações surgiram neste sábado quando o presidente da Câmara de Gaia foi questionado pelos jornalistas sobre as afirmações de Marcelo Rebelo de Sousa na sexta-feira, que afirmou que o presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, não tem conseguido ser o líder do Norte e, “se ele não consegue, então mais ninguém consegue”.

Há “essa lógica ‘pitonizesca’ de que o Norte está condenado a não ter líder” e há “quem trabalhe para conseguir na secretaria esse desiderato”, afirmou Luís Filipe Menezes, que considerou que o “Norte sempre teve grandes líderes no passado e que é impossível que uma região do país se levante sem lideranças fortes”.

“No novo ciclo político que vem aí, o Norte tem possivelmente a última oportunidade em duas ou três gerações de se tornar num grande centro alternativo a Lisboa, na segunda grande ponte urbana de entrada na Europa de quem olha do Atlântico e isso pressupõe entender o que é o Norte”, defendeu Luís Filipe Menezes.

Para o conselheiro de Estado “o Porto pode ser uma grande cidade europeia e pode ser um factor determinante para o desenvolvimento do país, mas precisa de liderança e o último grande líder que teve e fraquejou, por razões diversas, foi Fernando Gomes”.

@Lusa

Etiquetas: ,