quarta-feira, junho 19, 2013

Porto eleito o melhor destino europeu de férias

Guia elege Porto como melhor destino de férias, “capital de artes vibrante” na Europa
Nova distinção para a cidade do Porto, eleita pela Lonely Planet como melhor destino de férias da Europa. Aquele guia de viagens aconselha a Invicta como um dos locais a visitar pelos turistas. O Porto é classificado como uma “capital de artes vibrante”.
O Porto é escolhido pela revista de viagens Lonely Planet como destino de férias de eleição, a melhor cidade europeia para conhecer e que deve ser visitada. Num artigo que acompanha a lista de melhores destinos de férias, a Invicta é elogiada, quer pelo seu passado, associado aos vinhos do Porto, mas pelo património, pela cultura que oferece e pela animação.
“Outrora cidade adormecida à beira rio, conhecida pelos seus vinhos, o Porto emerge como uma capital de artes vibrante, que gera entusiasmo como um destino de grande valor”, assinala o autor de um texto que justifica a escolha da cidade do Porto como melhor destino turístico em solo europeu, segundo a Lonely Planet.
No mesmo texto é realçada a animação cultural que a cidade oferece, os eventos artísticos, bem como alguns espaços, dos quais se destacam o Museu de Arte Contemporânea de Serralves e a Casa da Música, entre outros.
A região do Douro merece destaque, pelo património histórico associado aos vinhos do Porto. Também a gastronomia portuense conquista pontos, neste concurso para melhor destino de férias.
Além da cidade do Porto, estão no topo da lista outros destinos de eleição, dos quais se destacam Budapeste (Hungria), Islândia do Norte, Cinque Terre (Itália), Morávia (República Checa), Berna (Suíça) e Marselha (França).
Esta não é a primeira vez que uma cidade portugueses merece um título de melhor destino de férias. O Porto foi eleito o melhor ‘Destino Europeu’ em 2012 pelo European Travellers Choice da organização independente Europeans Consumers Choice. Já a capital portuguesa, que já havia sido galardoada com o prémio máximo em 2010, ficou na oitava posição.

Em dois anos Portugal conseguiu colocar duas cidades na posição cimeira de destinos europeus. Esta distinção do guia de viagens Lonely Planet reforça a valia das ofertas turísticas portuguesas.

Etiquetas: