terça-feira, junho 04, 2013

QUANDO RELANÇAR O DEBATE SOBRE A REGIONALIZAÇÃO?

O presidente da Câmara de Gaia considera despropositado debater a regionalização num “momento de crise”, mas os congéneres de Vila do Conde e Viana do Castelo defendem que esta é precisamente a altura de “repensar o país”.

“Relativamente à discussão sobre a regionalização, não vale a pena colocá-la de forma muito marcada em cima da mesa, porque um momento de crise não é a melhor altura para discutir o assunto”, considerou, no debate organizado pelo JN, Menezes.

Mário de Almeida disse não partilhar “da ideia de que não é altura para se pensar nas regiões” e defendeu que “a regionalização só traz vantagens porque permite rentabilizar melhor o pouco dinheiro que há”.

Para Mário de Almeida, que criticou fortemente a opção do actual Governo pela redução do número de freguesias, está convicto de que o país está “a percorrer caminhos de uma clara centralização” e defendeu que “a região Norte só tem sentido com a regionalização”.

Na mesma linha, o presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Mário Costa, considerou que “a regionalização é urgente” e defendeu que “é nestes momentos difíceis que tem que se repensar o país”.

Ribau Esteves começou por não abordar o tema, mas acabou, em resposta às posições dos restantes intervenientes, por assumir ser apoiante da regionalização. “Também defendo a regionalização, mas hoje os portugueses não iam entender que puséssemos a questão em cima da mesa”, disse, acrescentando: “Há tempo para ter razão”.

Porto24

Etiquetas: ,