sexta-feira, fevereiro 11, 2011

Regionalização: Debate consagra o sim entre socialistas do Norte

O «sim» à regionalização é uma medida de «extrema» importância para o país segundo os participantes num debate entre figuras do Norte do Partido Socialista (PS), onde se procurou responder à questão 'Regionalizar para quê?'.


Num debate promovido pelo clube 'Pensar e Agir Local' (PAL), realizado na Junta de Freguesia de Matosinhos, Guilherme Pinto, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, José Luís Carneiro, presidente da Câmara Municipal de Baião e o professor universitário Rio Fernandes explicaram o porquê a regionalização.

Dois pontos reuniram o consenso de todos: o «sim» à regionalização e a necessidade de combater «a ideia de que a regionalização irá criar mais 'tachos'».

Diário Digital / Lusa, 5 de Fevereiro de 2011

Etiquetas:

4 Opiniões

At sábado fev 12, 12:52:00 da manhã, Anonymous Francisco said...

Sou a favor da regionalização mas ao ver este mapa não posso concordar. O Norte do País poderá consagrar 2 e não 1 região. O que ganharia p ex a região de Miranda do Douro ou de Vinhais numa região com esta extensão e uma mais que óbvia capital no Porto!

 
At sábado fev 12, 02:54:00 da manhã, Blogger Antonio Almeida Felizes said...

A convite desta Associação estive presente neste debate.
As ideias avançadas pelos diferentes oradores foram muito mais além do que o é referido no Diário Digital.
Reflectiu-se sobre se este era o tempo certo para se avançar com esta reforma (referendo). Falou-se muito no papel das actuais CCDRs e se estas, com competências mais alargadas poderiam constituir-se como mais um patamar no processo da instituição das regiões. Debateu-se o facto das regiões administrativas para além de implicarem o 'fecho' das CCDRs e dos Governos Civis implicarem também o desmantelamento das actuais direções regionais dos diferentes ministérios e mesmo de alguns institutos públicos.
Em suma foi, sem dúvida, um debate bastante enriquecedor.

 
At sábado fev 12, 05:22:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mirando do Douro fica mais perto do Porto do que de Lisboa, não?

 
At sábado fev 12, 07:51:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

A coisa só funciona se Tras os Montes tiver uma região, cso contrário, é novo centralismo.

 

Enviar um comentário

<< Home