quinta-feira, julho 14, 2011

Reforma Administrativa: Ecos da Beira Interior

Extinção de Freguesias.

O coordenador no distrito da Guarda da ANAFRE, admite o fim de algumas freguesias, mas apenas nas sedes de concelho.


Luís Soares considera que aplicação cega da medida, no interior do país, poderá levar a que muitas aldeias fiquem completamente abandonadas.

O distrito da Guarda poderá vir a ficar com apenas 36 freguesias, ou seja perder 300as, no âmbito da medida de redução anunciada pelo Primeiro Ministro, se for seguido o critério de ficarem a existir, apenas aquelas, com mais de mil eleitores.

Pedro Passos Coelho disse recentemente que vai incentivar a Associação Nacional de Freguesias, com vista à redução substancial.

A Rádio F, falou com Luís Soares, coordenador distrital da ANAFRE, que frizou que "os autarcas da região continuam a ser contra a extinção das freguesias", no entanto admitem "outro sistema que não prejudique ainda mais, o interior do país".

Luís Soares, mostra-se receptivo ao fim de algumas freguesias, nas sede de concelho, como é o caso de Lisboa, e que virá a ser na Covilhã.

No entanto alerta que se a medida do Governo, tiver em conta o critério do número de eleitores, a situação pode ser ainda mais preocupante, no caso do distrito da Guarda, uma vez que perderá 300 freguesias.

O coordenador distrital da Anafre é da opinião de que deve haver uma distinção das competências nas freguesias.

No âmbito desta medida que o Governo pretende levar a cabo em todo o país, a Anafre já antecipou para o primeiro fim de semana, de Dezembro, a realização do Congresso nacional, que estava marcado para Janeiro.

Recordo que o delegado distrital da Anafre, mostra-se preocupado com a possibilidade do encerramento de freguesias no distrito da Guarda, onde actualmente existem 336.

Luís Soares admite no entanto uma reestruturação nomeadamente ao nível das competências e o fim de algumas freguesias nas sede de concelho.


Rádio Fronteira (Vilar Formoso, Beira Interior)

Etiquetas: , ,

1 Opiniões

At quinta jul 14, 11:03:00 da tarde, Blogger manuel amaro said...

Existem 336 freguesias.
Vai perder 300?
Aplicação cega da medida?
Qual medida?
Quem aplica a medida cegamente?
Que "raio" de conversa é esta?

Mesmo que fosse um cego a aplicar a medida... a Guarda, com 172 mil eleitores, teria sempre, no mínimo, cegamente, 172 freguesias...
Assim, não há "pachorra"...

 

Enviar um comentário

<< Home